segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Hold Out - JACKSON BROWNE


1 Disco Apocalypse 5:08
2 Hold Out (Browne, Lindley) 5:37
3 That Girl Could Sing 4:34
4 Boulevard 3:15
5 Of Missing Persons 6:31
6 Call It a Loan (Browne, Lindley) 4:35
7 Hold On Hold Out (Browne, Doerge) 8:08

Jackson Browne nasceu na Alemanha Ocidental em 1948, mas cedo, em 1951, foi para os Estados Unidos da America, nomeadamente para Los Angeles, California.Pode assim ser considerado um grande autor americano, tanto em vendas como em influências. Desde cedo Browne escreveu muita música e algumas figuras bem conhecidas, Linda Ronstadt e os Byrds por exemplo, logo pegaram nesse reportório. Durante os anos 70 encetou uma sólida carreira a solo e este album, "Hold Out" de 1980, acaba por ser o seu único trabalho a alcançar o numero 1 em vendas. Todos os outros estiveram em Top Ten mas sem alcançar o primeiro lugar de vendas. Este "Hold Out" acaba por conseguir o feito por ter sido trabalhado e editado no pico da popularidade de Jackson Browne. Actualmente não é visto como um dos grandes albuns de Browne.
Desconheço os trabalhos anteriores, considerados as suas grandes obras, no entanto gostei deste "Hold Out". É um album sentimentalista que vem muito de dentro do autor, acaba por isso por ser um pouco "lamecha" em algumas situações, no entanto tem bons momentos e uma boa banda por trás. Acima de tudo tem um Sr. chamado Bill Payne, em orgão, que é um autêntico Midas do instrumento, onde ele aparece enche o tema de tal forma que preenche qualquer vazio que estivesse eminente. Os dois primeiros temas "Disco Apocalypse" e "Hold Out" são bem evidentes disso, mais até no segundo tema. Bill Payne aparece ainda em "Missing Persons, "Call It a Loan" e no longo "Hold On Hold Out". A secção ritmica é uma parelha habitual em discos de outros autores, como Linda Ronstadt, são eles Russ Kunkel em bateria e Bob Glaub no baixo. Temos ainda Craig Doerge nos pianos e sintetizadores e David Lindley nas guitarras.
"Disco Apocalypse" soou-me como uma canção bem construida, diria mesmo a mais acessível de todo o album. "Boulevard", com Rick Marotta na bateria, é Rock, e "That Girl Could Sing" anda lá por perto, tem um bom riff. "Call It A Loan" é uma boa canção, tipicamente americana. "Hold Out", "Of Missing Persons" e "Hold On Hold Out" são calminhas e introspectivas.

Sem comentários: