segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Nucleus - SONNY ROLLINS


1 Lucille   6:03
2 Gwaligo   5:56
3 Are You Ready?   4:06
4 Azalea   4:45
5 Newkleus (Mtume)   5:13
6 Cosmet   7:18
7 My Reverie (L. Clinton,  based on Debussy's "Reverie")   7:41  

Na década de 1970 muitos músicos de Jazz, mesmo alguns dos mais credenciados, abraçaram novos estilos e fusões o que causou grandes atritos com os adetos mais classicistas do género que não conseguiram, ou não quiseram, compreender a evolução de géneros e consequentes fusões que a época proporcionava. Pode afirmar-se que nesta altura o Jazz passou a ser mais comercial, e mais acessível, mas não lhe deve ser retirado mérito só por ter procurado evoluir seguindo as linhas mais atuais.
Os três primeiros temas deste álbum, editado originalmente em 1975, enquadram-se perfeitamente na referida fusão de géneros em que o inconfundível e possante som de Sonny Rollins no Sax-Tenor se pronuncia sob, o registo Soul de "Lucille", o Funky "Gwaligo" ou o dançável Blues "Are You Ready?" com a banda a limitar-se a acompanhar sem grandes apontamentos de destaque, apenas os dois Guitarristas de serviço tem os seus momentos e Raul Souza tem um solo de Trombone em "Gwaligo". A partir do quarto tema "Azalea" pressente-se mais abertura e já por aqui se sente algum calor Jazz com George Duke solto no piano elétrico e a solar, com Bennie Maupin a seguir-lhe a pisada através de um solo em Sax-Tenor. Em "Newkleus" encontramos um Funk particular escrito pelo Percussionista Mtume que aqui lidera na Guitarra e em "Cosmet", o momento mais audaz de todo o registo, volta-se de novo ao Jazz com Bennie Maupin a utilizar um Saxello e com direito a novo solo de Raul de Souza. A encerrar, uma versão / adaptação da peça "Rêverie" de Debussy num claro momento de execução com Sonny Rollins no Sax-Tenor, Bennie Maupin no Clarinete Baixo, Raul de Souza no Trombone e George Duke no Piano, a terem o seu espaço.
     

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Suite Lady - GAP MANGIONE


Side A
1 Mellow Out! (G. Mathieson)   5:39
2 I Don't Know   (L. Carlton)   4:02
3 Shh (G. Mathieson)   5:55
4 You Can't Cry For Help (P. Bogush, Jr.)   3:34
Side B
1 Sister Joe / Time Of The Season (G. Mangione / R. Argent)   5:27
2 King Snake (L. Carlton)   6:34
3 Suite Lady   6:15
4 We Three (Scherzando)   2:27    

Ao invés do irmão Chuck Mangione, conhecido Trompetista, o Pianista Gap Mangione é dono de uma singular e discreta carreira no meio do Jazz mais comercial e com maior incidência na década de 1970 onde se insere este álbum editado em vinil em 1978, ainda sem edição em Cd conhecida. "Suite Lady" é uma peça interessante a que não se pode passar ao lado. O registo deste álbum centra-se num Jazz ligeiro perfeitamente acessível e mais comercial, com um inevitável, mas não exagerado, cheirinho Disco próprio da altura, e os oito temas que o preenchem são realmente peças de qualidade. Gravado e Produzido por Larry Carlton no seu famoso estúdio Room 335, o álbum conta ainda com prestações de topo como o Pianista Greg Mathieson, o Baterista Jeff Porcaro, o Baixista Abraham Laboriel e o próprio Larry Carlton nas Guitarras para além de outros nomes mais. Gap Mangione apresenta-se ainda como um versátil homem das teclas dividindo-se entre os Pianos e os Sintetizadores. 

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Thanks For The Ride Eric - ROGER WATERS - CD 02


1 The Gunners Dream   6:57
2 Apparently They Were Travelling Abroad   3:20
3 Running Shoes   4:17
4 Arabs And Knives & West German Skies   2:57
5 For The First Time Today (Part 2)   2:31
6 Sexual Revolution   5:30
7 The Remains Of Our Love   3:29
8 Go Fishing   6:13
9 For The First Time Today (Part 1)   1:42
10 Dumroamin' Duncarin' Dunlivin'   3:03
11 The Pros And Cons Of Hitch Hiking   6:03
12 Every Strangers Eyes   4:10
13 The Moment Of Clarity   2:46
14 Brain Damage/Eclipse   5:21

O segundo Cd deste Bootleg (edição não oficial) centra-se na segunda parte do concerto da digressão Europeia do álbum a solo de Roger Waters "The Pros And Cons Of Hitch Hiking", editado nesse mesmo ano de 1984, que é interpretado integralmente seguindo a mesma sequência do disco. O tema "The Gunners Dream" que abre este cd corresponde ainda ao final da primeira parte que era totalmente preenchida com temas dos Pink Floyd.
O centro de atenções deste registo e da respetiva digressão continua a ser a presença de Eric Clapton ao lado de Roger Waters em palco. Se na primeira parte é estranho ouvir Clapton a interpretar na Guitarra as partes de David Gilmour nas músicas dos Pink Floyd nesta segunda parte Clapton soa mais enquadrado e mais à vontade pois todas estas músicas foram gravadas por si e já não carregam o peso e legado da outras. Para além da curiosidade de ver e ouvir Clapton ao lado de Waters havia também curiosidade em ver como se saia o "líder" dos Pink Floyd sem os parceiros habituais e percebeu-se que fora dos Pink Floyd os seus elementos a solo não atraiam tanta atenção. David Gilmour já tinha passado anteriormente pela mesma experiência e com o mesmo resultado, pouca afluência de público e até datas canceladas por falta de audiência no caso de Waters. Roger Waters agarrou a oportunidade de ter a presença de Clapton como um sólido chamariz também para a digressão mas o palco acabou por se revelar pequeno demais para estes dois ícones. Roger Waters não aguentou partilhar a atenção e Clapton, que na altura apenas pretendia ser um elemento natural da banda, percebeu que este palco não era para ele. 
Como não podia deixar de ser, o concerto encerra com um encore em que voltam os temas dos Pink Floyd , os mesmos que encerram o álbum "The Dark Side Of The Moon". 
Registo de má qualidade audio mas um precioso testemunho de uma das mais improváveis parcerias na história da música popular Anglo-Saxónica.  

domingo, 2 de agosto de 2015

Thanks For The Ride Eric - ROGER WATERS - CD 01


1 Set The Controls For The Heart Of The Sun   8:13
2 Money   7:50
3 If   4:27
4 Welcome To The Machine   8:01
5 Have A Cigar   6:03
6 Wish You Were Here   6:47
7 Pigs On The Wing   1:24
8 In The Flesh   3:34
9 Nobody's Home   4:42
10 Hey You   4:46 

Este registo em Cd duplo é um Bootleg (edição não oficial) gravado ao vivo em Estocolmo, Suécia, a 16 de Junho de 1984, precisamente a primeira data da digressão Europeia do álbum "The Pros And Cons Of  Hitch Hiking" de Roger Waters a solo que, tal como no álbum, contou com a presença de Eric Clapton na Guitarra, uma parceria improvável que de facto aconteceu mas que não durou até ao final da digressão. Roger Waters aproveitou a disponibilidade de Clapton o acompanhar também na digressão mas não conseguiu lidar muito bem com o facto de ter de partilhar o palco com uma estrela de tão elevado calibre ao seu lado e que consequentemente lhe "roubava" alguma da atenção, e o espetáculo era o seu. 
A digressão foi pensada dentro dos cânones megalómanos habituais de Roger Waters e a produção foi mesmo entregue a dois dos principais responsáveis pelo palco da digressão de "The Wall". Quanto ao espetáculo em si, dividia-se o alinhamento em duas partes distintas com a primeira parte a ser totalmente preenchida com temas do repertório dos Pink Floyd, precisamente o que se pode ouvir neste primeiro cd, e a segunda parte a ser totalmente preenchida com o álbum a solo de Roger Waters "The Pros and Cons Of Hitch Hiking". 
Numa altura em que os Pink Floyd de Roger Waters ainda não estavam oficialmente acabados era estranho, e ainda hoje é, ouvir estes temas tocados por elementos exteriores à banda se bem que Michael Kamen já tinha colaborado nas gravações de "The Wall" e "The Final Cut" e Andy Newmark tocou Bateria em "The Final Cut" mas o mais curioso, e estranho, é ouvir Clapton a tocar as músicas dos Pink Floyd no lugar de David Gilmour.    
A qualidade da gravação não é das melhores...