domingo, 23 de setembro de 2007

Black Tie White Noise - DAVID BOWIE


1 The Wedding 5:04
2 You've Been Around (Bowie, Gabrels) 4:45
3 I Feel Free (Brown, Bruce) 4:52
4 Black Tie White Noise 4:52
5 Jump They Say 4:22
6 Nite Flights (Walker) 4:30
7 Pallas Athena 4:40
8 Miracle Goodnight 4:14
9 Don't Let Me Down & Down (Tarha,Valmont) 4:14
10 Looking for Lester 5:36
11 I Know It's Gonna Happen Someday (Morrissey,Nevin) 4:14
12 The Wedding Song 4:29

David Bowie encetou aqui a sua entrada nos anos 90, uma década em que o Pop/Rock conheceu uma fase mais conturbada, mais negra e mais industrial. Já referi anteriormente esta questão, precisamente em relação a David Bowie e à sua entrega ao som, e imagem, "sujo" desta década. Neste CD de 1993 Bowie ainda não se entregou à face mais obscura do Rock, antes pelo contrário encontramos um Bowie mais adulto e sério, suportado por uma banda segura e com uma marcação rítmica muito forte. Soa Funky, Soul, Jazzy, mas com um som "pesado", e mais Techno.
Neste album não temos só um Bowie mas sim dois, o nosso David Bowie e o trompetista de Jazz Lester Bowie, entretanto falecido em 1999. Lester Bowie era membro do famoso colectivo de Jazz "Art Ensemble of Chicago", uma autêntica instituição cultural da história do Jazz. A Lester Bowie foram entregues pequenos solos em alguns temas, que ele usa de forma rápida e extrovertida, e um tema em particular, "Looking For Lester", que lhe é practicamente oferecido para desbundar em que nos faz lembrar o que Miles Davis fez em "Doo-Bop". David Bowie por sua vez toca muito em Saxofone neste trabalho, o que não era muito vulgar em trabalhos anteriores, limitava-se normalmente a usá-lo em um ou dois temas, aqui utiliza-o na maioria no disco. O som de David Bowie no sax é um som muito próprio, sem grande técnica mas muito pessoal. Outra questão invulgar em albuns de David Bowie é a inclusão de três temas instrumentais, todos de sua própria autoria, "The Wedding" que abre o album como peça instrumental e encerra-o como uma canção, "Pallas Athena" com ambiente de cordas, sintetizadas, muito dançável a fazer lembrar os ambientes dos britânicos "KLF", e o já referido "Looking For Lester".
Importante referir a versão de "I Feel Free" dos Cream, aqui numa roupagem completamente nova, gostei. "You've Been Around" escrito em parceria com o guitarrista Reeves Gabrels dava já na altura o mote para os albuns, "Outside" e "Earthling" que viriam a surgir um pouco mais à frente, os tais do som "sujo".
É um grande regresso do "Camaleão" depois de uns discretos anos 80, em que se salientou apenas o album "Let's Dance", em 1983, curiosamente produzido por David Bowie e Nile Rodgers, tal como este album.

Sem comentários: