domingo, 15 de março de 2009

Live Licks - ROLLING STONES - CD01


1 Brown Sugar 3:50
2 Street Fighting Man 3:43
3 Paint It Black 3:44
4 You Can't Always Get What You Want 6:45
5 Start Me Up 4:02
6 It's Only Rock 'N Roll (But I Like It) 4:54
7 Angie 3:29
8 Honky Tonk Women 3:24
9 Happy 3:37
10 Gimme Shelter 6:50
11 (I Can't Get No) Satisfaction 4:54

Em Julho de 1980 Miguel Esteves Cardoso escrevia a seguinte introdução: "E, qualquer que seja a década, há sempre os Rolling Stones - o menir do Rock que se recusa a deixar descobrir pelos arqueólogos e ciclicamente se ergue da terra para receber os apupos e os aplausos das várias gerações que apanhou". Depois continuava assim: "Os Rolling Stones, como os pobres e o queijo Flamengo, estarão sempre connosco". Diferenças com a actualidade? Nenhuma.
Vinte e quatro anos depois saía este duplo Cd que registava assim mais uma espectacular digressão da, contínuas vezes aclamada como, melhor banda de Rock do Mundo. Começo a acreditar que realmente merecem o estatuto, que sempre considerei exagerado.
Nesta digressão a banda focou-se principalmente nos seus maiores Hits e em alguns temas menos tocados ao vivo, mas nem por isso menos importantes. No Cd, duplo, separaram-se os temas mais conhecidos, ao estilo "Best Of", que constituem o alinhamento deste primeiro Cd, enquanto que no segundo Cd aparecem os temas menos divulgados, e até algumas versões.
A banda continua em grande forma, apoiada por um grande leque de músicos de onde destaco o baixista Darryl Jones, e se apenas a voz de Mick Jagger por poucas vezes não consegue estar na tonalidade mais correcta, a idade não perdoa, o restante soa muito bem e o espectáculo está garantido. Destaco a sequência, "Street Fighting Man", "Paint It Black" e "You Can´t Always Get What You Want", como magnífica e dispensava completamente o momento "Angie". Em "Honky Tonk Women" referência para a presença de Sheryl Crow a juntar-se a Mick Jagger na voz. "(I Can't Get No) Satisfaction" encerra como sempre em grande apoteose.
Sinto por aqui a falta de "Jumpin' Jack Flash", e muitos outros sentirão a falta de outros temas, no entanto é apenas Rock' N Roll e eu gosto.

2 comentários:

Luis Alves disse...

As vezes os Rolling Stones não se limitam a ser a melhor banda Rock do mundo, por vezes eles conseguem ser mesmo o ROCK.
10 de Junho de 1990, Alvalade, o meu primeiro grande concerto. E que estreia.

Brother Wolf disse...

Na altura tambem acreditava nisso, depois comecei a achar demais. Agora voltei a convencer-me de tal. Os Homens nasceram mesmo só para isto. Rock'N Roll Will Never Die.