domingo, 4 de março de 2012

Auf Der Maur - MELISSA AUF DER MAUR


1 Lightning Is My Girl 4:09
2 Followed The Waves 4:48
3 Real A Lie (Auf Der Maur, Durand) 4:22
4 Head Unbound 3:58
5 Taste You 4:39
6 Beast Of Honor 3:27
7 I'll Be Anything You Want (Auf Der Maur, Homme) 2:57
8 My Foggy Notion 4:48
9 Would If I Could 3:40
10 Overpower Thee (Auf Der Maur, Homme) 2:35
11 Skin Receiver (Durand) 3:35
12 I Need I Want I Will (Auf Der Maur, Homme) 7:32

Primeiro album a solo da Canadiana Melissa Auf Der Maur, Musa ou Deusa do Rock Alternativo com passagens anteriores pelas Hole de Courtney Love em 1994 e pelos Smashing Pumpkins em 2000, bandas onde participou como Baixista. Dona de uma forte imagem e presença garbosa, Melissa cativa bastante pelo visual e posse distinta, apresenta-se neste Cd editado em 2003 com determinada força de vontade e desejo de afirmação musical concluindo com um digno album de Rock Alternativo, pois claro.
Com o trabalho de Produção a cargo de Chris Goss, e da própria Melissa, "Auf Der Maur" conta inda com um extraordinário naipe de músicos Alternativos como Josh Homme, Nick Oliveri, James Iha, Paz Lenchantin, Steve Durand, Brandt Bjork e Eric Erlandson entre outros, que se vão rendendo ao longo do album. Musicalmente temos doze temas originais carregados de energia alternativa onde as Guitarras se impoem em doses bem equilibradas entre as dinâmicas dos versos e dos refrões cantados por Melissa, que além de cantar toca Baixo, Guitarra e alguns Teclados.
O album arranca com "Lightning My Girl" que nos sugere os Sonic Youth para de seguida nos lembrar a passagem de Melissa, num passado recente, pelos Smashing Pumpkins, "Followed The Waves" ainda tem qualquer coisa de Corgan. "Real A Lie" é uma parceria com Steve Durand, antigo parceiro de banda nos Tinker, que poderia ter dado um bom single e "Head Unbond" conta com a presença de James Iha num tema simples ao invès do crescendo e da carência de "Taste You", bom momento. Nada a apontar ao eficaz Rock de "Beast Of Honor" mas depois vem "I'll Be Anything You Want" co-escrito com Josh Homme e que resulta num claro momento à La Queens Of The Stone Age, nada disfarçado. "Foggy Notion" é claro e misterioso ao mesmo tempo com um Teclado assombrado e um Ritmo e refrão cativantes a darem passagem para o momento mais sereno do album com "Would If I Could" e ainda um sofredor duo de Piano e Voz, Chris Goss e Melissa, em "Overpower Thee". "Skin Receiver" acelera em ritmo de cavalgada para o sonho final de "I Need I Want I Will".
Melissa Auf Der Maur empunha assim de forma corajosa o seu Baixo, e as suas ideias, para se exprimir e assumir como uma divindade do Rock.

Sem comentários: